APOIO A IDOSOS

O processo de envelhecimento demográfico conjugado com o aumento da esperança de vida traduz-se numa duplicação do número de pessoas em Portugal com mais de 65 anos relativamente à década de 70.

Em resultado, aproximadamente dois milhões de cidadãos contam com mais de 65 anos, e verificou-se o aumento de cidadãos com mais de 80 anos decorrentes do aumento da esperança média de vida.

Assim, o envelhecimento da população associado à evolução da vida na sociedade, tem como consequência o aumento da procura de instituições direcionadas para pessoas idosas.

A Ação Social Complementar não se esgota no apoio aos beneficiários em condições de fragilidade pessoal ou social, devendo, sempre que possível, envolver aqueles que pretendem preservar ou alargar a sua independência, participação, dignidade e assistência no contexto do envelhecimento ativo.

Neste contexto, o IASFA, I. P. dispõe de Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas (ERPI) no Centros de Apoio Social de Oeiras, Porto e Runa , respostas sociais tipificadas destinadas ao alojamento coletivo de utilização temporária ou permanente, com desenvolvimento de atividades de apoio social e prestados cuidados médicos e de enfermagem.

A candidatura deverá ser apresentada no Centro de Apoio Social da área de residência.

 

– ficha de inscrição

– minuta de relatório médico

Os beneficiários do IASFA, I.P. que não disponham de rendimentos para fazer face à mensalidade podem beneficiar de uma redução de mensalidade (diferencial), mediante a entrega de meios de prova.

Estes equipamentos sociais têm ainda como vantagem a monitorização do estado de saúde e funcional, a prestação de cuidados imediatos, assistência nas atividades de vida diária, maior controlo do risco de imobilidade e segurança e suporte social, havendo que evitar os riscos da despersonalização, do aumento da dependência e outros.

Para otimizar o seu funcionamento há que desenvolver uma cultura de cuidados a idosos, mantendo o referencial legado pela Princesa D. Maria Francisca Benedita ao

fundar, em 1827, o Hospital Real dos Inválidos Militares em Runa, considerado o berço do IASFA.

O IASFA, I.P. procura apoiar financeiramente os seus Beneficiários através da concessão de Comparticipações Financeiras sob a forma de Subsídios e Comparticipações e pelo Subsídio Pecuniário do Cofre de Previdência das Forças Armadas (CPFA), que a seguir se identificam: Aceda aqui ao detalhe dos apoios.

Os Centros de Apoio Social do IASFA, I.P. dispõe de atendimento de Serviço Social direcionado aos beneficiários, com especial incidência na análise e encaminhamento de solicitações com maior vulnerabilidade pessoal ou impacto social para entidades da rede social.

 

APOIO A IDOSOS

Outras Sugestões